Blog Daora

Topo
Blog Daora

Blog Daora

Paulistano vai menos à churrascaria, mas carne continua no cardápio

Pedro Marques

05/07/2019 19h46

Evento dedicado à carne acontecerá em dois dias neste ano e trará 60 chefs

Domingo passado a revista sãopaulo, do jornal Folha de S. Paulo (do mesmo grupo do UOL), publicou sua edição anual com os melhores bares, restaurantes e outros espaços de gastronomia da capital paulista. Uma das características mais bacanas desse especial é que, além das escolhas do jurados, o Datafolha faz uma pesquisa para descobrir quais são os preferidos pelo público.

Uma informação que me chamou a atenção foi a análise desses dados: segundo o levantamento, os paulistanos estão indo menos às churrascarias. Pela reportagem, não dá para ter uma ideia exata de quanto isso diminuiu. Uma das explicações é que as pessoas estão variando mais e visitando outros tipos de restaurantes.

O que não significa necessariamente que as pessoas estejam comendo menos carne. É fato que não há churrascarias abrindo no mesmo ritmo que outros tipos de restaurantes (como hamburguerias e de comida japonesa). Mas há bastante coisa acontecendo no mercado da carne.

Nos últimos anos, pipocaram pela cidade os chamados "açougues butique", como Beef Passion, FEED, Talho Carnes e The Butcher. São lugares que vendem cortes especiais, de animais de raças nobres – como bois Angus e Hereford – e que são criados com o maior cuidado.

Custam bem mais que o bife que você compra no supermercado, mas tem gente interessada. Não dá para afirmar 100%, mas o mais provável é que essas carnes vão ser assadas no churrasco de fim de semana. Ou seja, se as pessoas estão deixando de ir às churrascarias, uma das explicações é que elas estão comendo carne em casa.

Outro exemplo de que um belo naco de carne na brasa ainda atrai bastante gente é o evento Churrascada, que fica lotado desde sua primeira edição em São Paulo e hoje está presente em várias cidades do país.

Este ano, aliás, o evento está ainda maior e acontecerá nos dias 3 e 4 de agosto, reunindo 60 chefs-assadores (12 deles são de outros países). A promessa é trazer cortes exclusivos e , como Wagyu (raça japonesa). Os ingressos estão longe de ser acessíveis: para cada dia a entrada é de R$ 400 – e o sábado já está esgotado.

Quer dizer que as churrascarias vão desaparecer? Claro que não. As casas mais espertas já estão se adaptando e oferecendo carnes mais nobres em seus cardápios, justamente para atrair o público interessado em novidades e mais qualidade. O que é bom para todo mundo.

Beef Passion
https://beefpassion.com.br/

Churrascada
https://www.ingresse.com/churrascada-sp

FEED
https://www.feed.com.br/

Talho Carnes
https://web.facebook.com/talhocarnes/

The Butcher
https://www.thebutchersp.com/

Sobre o autor

Pedro Marques já trabalhou em redações e restaurantes, viajou bastante pelo Brasil e pelo mundo para comer e beber bem e trabalha como jornalista de gastronomia desde 2010.

Sobre o blog

Aqui você fica sabendo sobre as coisas mais “daora” dos bares e restaurantes de São Paulo! E outras nem tão daora assim.