Blog Daora

PUBLICIDADE
Topo

Blog Daora

Comida de Carnaval

Pedro Marques

01/03/2019 15h52

Barreado, o prato "oficial" do Carnaval do litoral paranaense (Crédito: Karime Xavier/Folhapress)

Apesar de ser a festa mais importante do Brasil, o Carnaval não é exatamente ligado a alguma comida específica. Muitas escolas de samba, em São Paulo e no Rio, costumam preparar (e vender ingressos) para grandes feijoadas. Mas o objetivo é levantar fundos para os desfiles. Nos dias de festa, não rola – até porque, feijoada é prato para comer e dormir. Mesmo a caipirinha tem ficado de lado nas mãos dos foliões. Afinal, quem consegue preparar a danada dentro de um bloco de rua?

A exceção à regra vem do litoral do Paraná, mais especificamente da cidade de Morretes, onde o barreado é a comida oficial do festerê. A tese mais difundida é que o prato chegou por aqui pelos imigrantes dos Açores que se estabeleceram no Paraná.

Fácil de fazer, os ingredientes (carne, bacon, cebola, tomate, alho, cheiro-verde, etc.) são colocados em uma panela de barro, que em seguida é lacrada com uma mistura de farinha de mandioca e água, e levada ao fogo por várias horas. O resultado é um cozido com carne bem macia e um caldo saboroso, engrossado com mandioca e servido com rodelas de banana-da-terra.

Uma das lendas mais contadas sobre o barreado é que as mulheres podiam deixar a panela no fogo e sair para aproveitar o Carnaval sem se preocupar, um dos motivos de sua popularidade.

Maria Henriqueta Sperandio Garcia Gimenes, doutora em história pela Universidade Federal do Paraná́, apresenta outros motivos no artigo Barreado: sabor, história e cultura no litoral paranaense. "O Barreado era (e ainda é) considerado um prato 'forte', capaz de repor as energias, além de exigir poucos acompanhamentos… e ter seu sabor preservado mesmo quando requentado", afirma. Ou seja, uma panela grande de barreado garante sustança para festejar por vários dias.

Obviamente, o prato não é servido apenas no Carnaval, pelo menos no litoral paranaense: há vários restaurantes da região que pegaram carona na fama do prato e o servem durante o ano inteiro.

Já em São Paulo, há poucos lugares para comer a especialidade (conheço apenas dois): o restaurante Tordesilhas, da chef Mara Salles, uma das maiores especialistas em comida brasileira, e o Café Bistrô Paraná, que serve barreado somente aos segundos sábados de cada mês.

Talquei, duvido que você vá deixar de ir a algum bloco de Carnaval só por causa de um barreado (a não ser que você seja de Morretes). Porém, todavia, contudo, não deixe de comer o prato quando puder. É um dos mais gostosos da culinária brasileira, na humilde opinião deste escriba.

Café Bistrô Paraná
https://cafebistroparana.com/

Tordesilhas
http://tordesilhas.com/

Sobre o autor

Pedro Marques já trabalhou em redações e restaurantes, viajou bastante pelo Brasil e pelo mundo para comer e beber bem e trabalha como jornalista de gastronomia desde 2010.

Sobre o blog

Aqui você fica sabendo sobre as coisas mais “daora” dos bares e restaurantes de São Paulo! E outras nem tão daora assim.

Blog Daora