Blog Daora

PUBLICIDADE
Topo

Blog Daora

Mais que carne seca

Pedro Marques

20/08/2018 19h25

Cordeiro com leite de coco, um dos pratos do Fitó, que tem inspiração no Piauí (crédito: Mário Rodrigues/Divulgação)

Apesar da forte migração nordestina em São Paulo, nem sempre a cozinha dessa região é bem representada por aqui. O maior exemplo disso são as casas do norte, mas que servem pratos do Nordeste. Nada contra, pelo contrário. Mas a riqueza da culinária de estados como Bahia, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte vai além dos manjados baiões de dois e arrumadinhos. Quem primeiro investiu em divulgar isso foi o chef Rodrigo Oliveira, quando assumiu as panelas do Mocotó e transformou um endereço escondido na Vila Medeiros (Zona Norte) em point gastronômico, com pratos inspirados no sertão. A boa é que, de uns tempos para cá, algumas casas começaram a apresentar para o público outras especialidades regionais. Abaixo, uma lista com quatro endereços para conhecer.

Galinhada do A Baianeira, que traz receitas da divisa entre Minas e Bahia (crédito: Reprodução/Instagram)

A Baianeira
A comida no Vale do Jequitinhonha, fronteira entre Minas e Bahia, tem receitas bem diferentes de Salvador, como acarajé e bobó de camarão. Um dos destaques é o nhoque com creme de requeijão de corte, um dos vários ingredientes que a chef Manuelle Ferraz traz de Almenara, sua cidade natal, e a galinhada.
Onde: Rua Dona Elisa, 117
Telefone: (11) 2538-0844

Mateus e catirina (bolo de rolo com sorvete de queijo e calda de goiabada), do Azulejo Pernambucano (crédito: Reprodução/Instagram)

Azulejo Pernambucano
Como era de se esperar, a casa investe em pratos de Pernambuco. O chef André Palma prepara receitas como o cozido pernambucano (carne, mandioca, batata, cenoura, couve, banana) galinha à cabidela (cozida no próprio sangue). A famosa doçaria da região não podia ficar de fora e é representada por sobremesas como cartola (banana, queijo coalho, manteiga, açúcar e canela em pó), o mateus e catirina (bolo de rolo com sorvete de queijo e calda de goaibada) e o bolo souza leão, um clássico regional que dificilmente é encontrado por essas bandas.
Onde: Rua Caraíbas, 871
Telefone: (11) 3804-7143

Fitó
A chef Cafira Foz traz receitas inspiradas em suas origens (ela nasceu no Ceará e foi criada no Piauí) no cardápio de seu restaurante. Vale provar o piauiense maria isabel (arroz com carne de de sol acompanhado de macaxeira cozida e vinagrete) e a paçoca salgada (que também leva carne de sol, mais farinha de mandioca, manteiga de garrafa, banana-da-terra e queijo coalho).
Onde: Rua Cardeal Arcoverde 2773
Telefone: (11) 3032-0963

Carne de sol com queijo coalho e arroz de leite, um dos pratos do Jesuíno Brilhante (crédito: Reprodução/Instagram)

Jesuíno Brilhante
A especialidade da casa é a carne de sol, preparada pelos donos, que vieram do sertão do Rio Grande do Norte. Também é imperdível o porco de sol, feito com copa lombo, e o arroz de leite (arroz vermelho integral cozido no leite fresco com nata e queijo coalho).
Onde: Rua Arruda Alvim, 180
Telefone: (11) 2649-3612

Sobre o autor

Pedro Marques já trabalhou em redações e restaurantes, viajou bastante pelo Brasil e pelo mundo para comer e beber bem e trabalha como jornalista de gastronomia desde 2010.

Sobre o blog

Aqui você fica sabendo sobre as coisas mais “daora” dos bares e restaurantes de São Paulo! E outras nem tão daora assim.

Blog Daora