Blog Daora

PUBLICIDADE
Topo

Blog Daora

O mistério do pão de queijo

Pedro Marques

14/12/2018 13h35

O pão de queijo do Lá da Venda, da chef Heloísa Bacellar, vai muito bem com um cafézinho (crédito: Divulgação)

Pão de queijo é uma coisa que praticamente todo mundo gosta. Em Minas Gerais, não se pode nem falar mal dele. O quitute mineiro, porém, venceu fronteiras e hoje está presente no Brasil inteiro. Em São Paulo, ele é quase onipresente: está em padarias, supermercados, lojinhas nos metrôs, empórios de comidas chiques e até em churrascarias.

Uma coisa que me chamou a atenção nos últimos tempos, porém, é a qualidade. Parece que nos últimos tempos está cada vez mais difícil encontrar um bom pão de queijo, aonde quer que vá. Claro, se você perguntar aos mineiros eles vão falar que isso acontece porque os ingredientes usados aqui são piores e que pão de queijo de verdade só cruzando a fronteira.

Em partes, a explicação faz sentido. O pãozinho feito de polvilho e queijo virou comida rápida, então não há muita gente que faça a receita com calma. O mais comum é encontrar uma versão pronta e industrializada, feita para ser levada ao forno por alguns minutos. Não é tão ruim, especialmente se você comer bem quentinho. Mas é o mesmo truque da cerveja estupidamente gelada: como não dá para sentir direito o sabor, desce bem e parece que é gostoso. Só que não.

Claro, há quem faças boas versões. Uma das que provei faz pouco tempo e me agradou, apesar de vir congelada, é a da Dona Celina Pão de Queijo Artesanal. Eles vêm em três sabores: tradicional, com parmesão e recheado com goiabada. É gostoso, não é borrachudo e o com goiabada é bem bom.

O Lá da Venda, da chef Heloísa Bacellar, que fica na Vila Madalena, também é reconhecidamente gostoso. É feito com queijo da Serra da Canastra e tem muito mais sabor. A Canastra Pão de Queijaria, também na Vila Madalena, usa o típico queijo mineiro e oferece versões recheadas com linguiça artesanal e pernil desfiado.

Para mim, porém, os melhores de todos são os de churrascaria. Provavelmente é pelo gosto de infância, a tal da memória afetiva. Eles chegam quentinhos, elásticos (mas não borrachudos) e, se você não tomar cuidado, é capaz que deixe a carne de lado para ficar beliscando esses quitutes. O da tradicional churrascaria Dinho's, no Paraíso e bem pertinho da avenida Paulista, é imperdível.

Tudo bem que nem sempre é possível fazer uma viagem só para comer um bom pão de queijo. Quando puder, tente ir em um desses para sentir a (brutal) diferença.

Canastra Pão de Queijaria
www.canastrapaodequeijaria.com.br

Dinho's
http://www.dinhos.com.br/home

Dona Celina
https://www.facebook.com/donacelinapaodequeijo/

Lá da Venda
https://ladavenda.com.br/

Sobre o autor

Pedro Marques já trabalhou em redações e restaurantes, viajou bastante pelo Brasil e pelo mundo para comer e beber bem e trabalha como jornalista de gastronomia desde 2010.

Sobre o blog

Aqui você fica sabendo sobre as coisas mais “daora” dos bares e restaurantes de São Paulo! E outras nem tão daora assim.

Blog Daora